SPFW 45 Part 2- Por Juliana Perrone

By  |  0 Comentários

A edição 45 do São Paulo Fashion Week, de 21 a 26 de abril, celebrou o poder transformador da energia criativa e ocupa de forma inédita o Pavilhão das Culturas Brasileiras, que integra o departamento dos Museus Municipais da Secretaria de Cultura de São Paulo, no Parque Ibirapuera. Acompanhem a nossa cobertura:

Apartamento 03

Então, adiantando para quem ainda não sabe, o destino de Elizabeth interpretado pela Glória Pires da novela “O outro lado do paraíso”, ela vai ser uma estilista de sucesso. A cena foi gravada no dia do desfile apt. 03 pela Globo. O estilista mineiro que comanda a marca Luiz Cláudio criou uma poesia para retratar suas memórias.Na cartela de cores apostou no preto com toques de mostarda e verde bandeira. Luiz  usou algodão e metal cintilante  sobre peças de alfaiataria simbolizando  as falhas comuns dos costureiros iniciantes.

 

Glória Coelho

O desfile abriu o último dia do SPFWn45 com tema, “incríveis memórias quânticas do planeta”. Destaque para as transparências, looks monocromáticos com uma pegada futurista. Adorei os blaseirs acinturados  e combinados com saias godês, o sportwear sempre presente nas coleções, parkas unissex, clássicos e os vestidos que fazem uma homenagem à Victor Passarelli e o filme “Os incríveis”.
Apresentou também peças masculinas como trench coat branco ( maravilhoso) e um mix tricot com alfaiataria. Na passarela, tons neutros e cores vibrantes.

Amapô

O desfile foi um show à parte, realizado na União Fraterna, a marca apresentou um desfile multicorido, com uma pegada 80’s, trazendo referências como neon colors. O objetivo das estilistas foi celebrar a diversidade e a personalidade, com looks exuberantes que incluíam peças reformadas de brechó. Na passarela, performance artística com mix de amigos, modelos e skaters. Apresentação sempre um show a parte!

Ratier

A nova coleção de Renato Ratier  veio com muito branco , animal print, muito neon monocromático, faixas laterais, shapes amplos e várias botas cano longo, que promete ser hit nesta temporada!

Ronaldo Fraga

O estilista emocionou à todos com um desfile que homenageava as vítimas de Mariana-MG. A coleção “Mudas” contou com uma parceria com as bordadeiras de barra longa, trazendo esperança através da arte para essas pessoas. Foi um apelo em forma de desfile. Marília Gabriela foi destaque na passarela, trazendo uma bela interpretação do tema. Looks com shapes amplos e bordados delicados.

Juliana Jabour

Trouxe a junção do street style com o Sport Wear. Peças com babados e shapes esvoaçantes. Destaque para os vestidos de nylon com laços na gola, metalizados e estampas geométricas que remetem ao futurismo com cintura bem alta e parkas.

Cotton Project

Na passarela mostrou o universo aspiracional na fuga da cidade grande para o campo, longe da constante pressão e falta de tempo. E o que se viu na coleção foi exatamente isso, looks e cores que remetem a vida rural. Invista em tons terrosos, tecidos como camurça, pelúcia sintética, jacquard e veludo.

Fernanda Yamamoto

Fernanda inspirada na comunidade  japonesa Yuba decidiu incorporar sua filosofia não apenas no conceito da coleção, como no processo de confecção, buscando diminuir o desperdício e trabalhar manualmente em todas as peças. Propôs-se um desafio de experimentação ao trabalhar a cartela de cores que abrange tons escuros e claros, cores frias e quentes, usando exclusivamente tingimento natural.

Fotos: Cleiby Trevisan

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *