Semana de moda Milão e Paris 2017

By  |  0 Comentários

Por Juliana Perrone

A Semana de Moda de Paris, PFW Fall/Winter 17/18, foi marcada pela Ousadia e sobreposições inusitadas. Viu-se muita alfaiataria, preto, veludo, paetês, ombros pontiagudos ou inflados, tecidos metalizados, golas altas e gliter, sobreposição de pelúcia com tecido de camisola. O xadrez tartan voltou com força total. O Total Red também está forte nessa estação.

Na Semana de Moda de Milão as botas vermelhas deram o start na temporada Red Alert. Animal print, cultura clubber, o preto muito forte, extensões capilares, estampas florais e alfaiataria também se fizeram presentes valorizando a silhueta feminina.

A transparência foi vista em várias marcas. Viu-se também muito babado, botas de cano longo, xadrez e mix de texturas. A pochete veio com tudo no desfile da Gucci.

 

As semanas de Moda de Milão e Paris mostraram uma mulher de atitude, ousada, inusitada e forte sem perder a feminilidade.

 

 

Detalhes da Semana de Moda de Paris – PFW Fall/Winter 17/18

A Criatividade e a ironia de BALENCIAGA por Gvasalia em uma releitura das formas por SOIRRE, do grande Cristobal Balenciaga. A marca apostou na alfaiataria estruturada e nos tecidos volumosos a la alta-costura.

Ao final do desfile as modelos desfilaram Shopping Bags no mesmo tecido. Gostaram das Shopping Bags?

 

Pierpaolo piccioli criou uma coleção vitoriana com um mix de detalhes e cores pop moderna para a Maison Valentino, uma das marcas que mais se preocupa com a estética feminina e a valorização da silhueta;

Como sempre as peças estavam deslumbrantes , entre elas, preto com tons pastéis, e veludo com paetê. Uma conexão desconexa, porém suave. Cores, números e formas.

 

 

Mugler veio inspirado nos anos 80, com ombros pontiagos e um shape que valoriza a mulher. Apareceram muitos ombros pontiagudos e inflados nesse Fall/Winter 17/18.

 

 

O xadrez está definitivamente de volta, símbolo do movimento grunge, a padronagem vem marcando presença na temporada internacional de moda, especialmente o xadrez Tartan, decorando coleções de Tory Burch e Missoni.

 

Total Red com inspiração Vitoriana no desfile do Gianbattista Valli. A marca aposta no clássico combo rendas, babados e aplicações combinados com acessórios pesados.

 

 

 

Diferente do minimalismo habitual da marca, o Fall Winter da Hermés veio repleto de cores, acabamentos esportivos e contraste de estilos. Destaque para as botas pesadíssimas, COOL… Reflexo do trabalho da nova Diretora criativa, Nadège Vanhee-Cybulski.

 

 

Chanel apresentou um mix dos anos 60 com um toque de futurismo. Com direito a foguete e estruturas grandiosas. Nas peças exibiram capas metalizadas, botas com gliter e golas amplas.

 

 

Na miu-miu a pelúcia teve um grande destaque. Além do convite e das peças da coleção, a decoração do Palais d’Lena foi revestida pelo destaque. Brilhos, tons pastéis e tecidos de plástico também estavam entre as apostas da marca. Mix de tecido de camisola com maxi casacos sobrepostos.

Os acessórios estavam impecáveis, destaque para as tiaras em formato de cinto.

 

 

A marca Louis Vuitton apresentou tecidos icônicos, consolidando seu DNA retrô e sofisticado. Entre eles, veludo Molhado, cotelê, parcas, tecidos fluídos e Maxi Tricot.

O contraste de textura teve seu auge nessa temporada em várias marcas, entre elas a Louis Vuitton, que apresentou peças com tecido de camisola combinado com jaquetas e tricot pesado.

 

Dior – Uma combinação ousada entre preto e azul marinho.

A coleção trás algumas peças que conversam com a coleção de verão como hot pants e saias de tule sobrepostas. A diretora criativa, Maria Grazia, mostrou a mulher que vai a luta sem perder a feminilidade.

 

Semana de Moda de Milão

Botas vermelhas deram o start na temporada Red Alert.

 

 

Leopardos, panteras e ursos polares marcaram o desfile da Dolce & Gabanna em Milão.

Um grupo de Digital Influencers participaram do desfile, inclusive brasileiras. Na minha opinião, um dos desfiles mais emocionantes da temporada.

 

 

 

O Desfile da Versace foi marcado pelo clima Clubber, com maquiagem escura bem forte nos olhos. A pesar da coleção apresentar bastante preto, não ficou morna, devido a composição com cores como amarelo neon, laranja e azul, além de extensões capilares. Forte detalhe para a alfaiataria com abotoamento duplo. A marca exibiu elementos como floral, transparência, animal print, e losango.

 

Prada – Outono/Inverno 17/18 Poderoso!!

Desfilou um mix de estampas xadrez com floral, mix de texturas e franjas de cristal. Destaque para os vestidos que valorizam o corpo e terminam em um babado e botas de cano longo.

Na semana de Moda de Milão, a Fendi utilizou tecidos tradicionalmente masculinos com um caimento bem feminino. O monograma vem forte nos looks, porém de forma mais minimalista. Destaque para as botas vermelhas de cano longo.

A Gucci veio com uma coleção inspirada nos anos 60, 70. As culturas clubber e punk também são notadas, além de estampas de bichos como felinos, borboletas e mariposas. Destaque para as estampas florais e a famosa Pochete.

 

============================================================

 

 

============================================================

Colunista Juliana Perrone

Nossa colunista Juliana Perrone é nascida em Manaus radicada em São paulo ha 11 anos. Fez faculdade de moda, também passou pelo Senac Faustolo e  Escola São Paulo. Hoje empresária, nossa colaboradora é mãe dos lindos Sophie de 2 anos e Yasser de 5 anos e ama tudo de bom que a vida pode nos oferecer.

Assinatura

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *