Causas e tratamento das aftas

By  |  0 Comentários

É fácil confundir as lesões por herpes labial com as aftas.

Diferentemente das lesões por herpes labial, uma afta não é contagiosa, e aparece nos tecidos internos da boca. As aftas, também denominadas úlceras por aftas, aparecem como pequenas lesões redondas ou ovais com um centro branco ou amarelado, rodeado de vermelho. Costumam ser uma depressão, como uma cratera, em lugar de elevadas como um grão.

As aftas costumam aparecer com mais frequência na parte interna das bochechas e nos lábios, ou na base das gengivas, e não costumam associar-se com gengivas sangrantes, por isso se esse é o seu caso, procure imediatamente consultar com o seu dentista para avaliar a possibilidade de doença das gengivas.

A maioria das aftas são leves, com um tamanho inferior a um centímetro de comprimento, e costumam curar por si só depois de poucas semanas.

Mas as úlceras por aftas maiores, definidas por um tamanho superior a 10 mm, podem demorar mais de um mês em curar e deixam cicatrizes. Portanto, é importante consultar com o seu dentista, se você tiver uma úlcera por afta que permanece mais de umas poucas semanas. Estas úlceras grandes são mais comuns em adultos jovens depois da puberdade, e são mais prováveis as recorrências que nas lesões pequenas. Os adultos idosos têm maior tendência às lesões herpetiformes, nas quais dezenas de lesões pequenas se agrupam para formar uma úlcera grande.

Ainda se desconhece a causa exata das aftas, mas os fatores possíveis incluem uma reação alérgica às bactérias da boca, uma lesão menor no interior da boca devida a um trabalho dental ou aparelhos dentais mal ajustados, alergia a alimentos ou problemas de saúde, tais como doença celíaca e doenças inflamatórias intestinais.

Clínica Dra. Leidiana Rêgo.

092 – 3237.6188 / 99152.9328

Revista Em Visão
Revista Em Visão

Últimos posts por Revista Em Visão (exibir todos)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *